27/07/2013, Comentários: Comments Off

Intercâmbio… Difícil de explicar uma experiência como essa. Só digo uma coisa, vai ser com certeza a melhor da sua vida. Quando você entra no avião sente aquele friozinho na barriga, o nervoso para conhecer a família, a escola e a casa. Chorando antecipadamente pelas saudades que vai sentir e talvez até um pouco pela insegurança de começar uma vida nova do zero.

Tem altos e baixos, pontos positivos e negativos, ao retornar para sua casa no Brasil, depois de um ano, a saudade é tão forte, a dor de deixar pra trás toda uma vida é realmente inexplicável. Você deve esperar mil coisas do seu intercâmbio, e não é nada disso. É bem diferente, a realidade é 1000 vezes melhor que a fantasia. Voltei para o Brasil completamente diferente do que eu era, mais madura, viajada e mais responsável.

Creio que faz parte do intercâmbio, superar seus medos e inseguranças e, foi exatamente isso que aconteceu comigo. Amei o Canadá, a escola e o mega espírito escolar do High School, as pessoas que realmente são diferentes umas das outras, que não tem medo nem vergonha de demonstrar suas personalidades, os esportes (principalmente, o Rugby), os lagos. Ai que saudade. As pessoas que conheci lá se tornaram minha família. As meninas do meu time, uma pessoa bem especial, meus amigos, minha host family. Pessoas maravilhosas que nunca vou esquecer.

Fiz tudo que pude fazer, todo e qualquer programa, aproveitei ao máximo e isso foi o que fez meu intercâmbio valer mais. Conquistei laços para vida inteira, tive experiências que ficarão guardadas para sempre. E como se despedir é difícil, bem mais difícil que sair do Brasil. Não tem como não chorar. É como se uma parte de você estivesse ficando por lá, porque está com toda certeza. Pois é, intercâmbio é hoje pra mim uma palavra que dá um aperto no coração só de lembrar, pela felicidade e pela saudade.